Saiba quais cuidados tomar na hora de carregar caminhões

Saiba quais cuidados tomar na hora de carregar caminhões

Carregar caminhões em serviços de movimentação de terra não é uma tarefa tão simples, como muitos imaginam. Diversos procedimentos devem ser seguidos quanto ao preparo e limpeza do acesso do caminhão no ponto de carregamento, posicionamento correto da escavadeira que faz o tombamento do material, disposição correta desse material no interior da caçamba e cuidado na hora do descarregamento no bota-fora.

Esses critérios devem ser bem planejados para haver entendimento entre o operador da escavadeira – que tem a prioridade na operação de carregamento –, e os motoristas dos caminhões, que precisam de uma área limpa, livre de pedras e de qualquer obstáculo que coloquem o tráfego em risco.

POSICIONAMENTO

Para se carregar caminhões, a primeira regra é levar em conta o acesso do veículo. “Ele precisa estar posicionado de forma fácil para ser carregado, num ponto nivelado e sem inclinações”, orienta Edmilson de Oliveira Sabino, diretor da Capacitar Operadores. O operador da escavadeira é o responsável por determinar o melhor local de parada do caminhão, devendo manter a praça de carregamento limpa e organizada.

A escavadeira precisa se posicionar num ponto onde o operador tenha contato visual com o motorista do caminhão, que nunca deve sair da cabine para acompanhar o carregamento da caçamba. O ideal é que a escavadeira fique 3 m acima do solo – a base das esteiras alinhada com a altura de acabamento metálico da borda da caçamba do caminhão.

Se a caçamba não for esvaziada completamente, o motorista não pode sair com o caminhão. Como é impossível para ele controlar isso, é necessária a presença de um ‘bandeirinha’ para fazer a sinalização

José Antonio Spinassé, diretor da Luna Locações e Transportes

No preparo do acesso, é necessário checar se o solo tem condições de sustentar o peso do caminhão carregado. “Às vezes, é necessário fazer a troca do solo ou espalhar cascalhos, principalmente quando a área é afetada por chuvas que normalmente comprometem as operações de carregamento, porque o solo fica brejoso e o material, excessivamente úmido”, explica Sabino.

CUIDADOS COM A CARGA

Segundo os especialistas, as cargas úmidas são as que requerem maior cuidado por se movimentarem dentro da caçamba quando o caminhão está em deslocamento. José Antonio Spinassé, diretor da Luna Locações e Transportes, alerta que, quando o material transportado for brejoso ou saturado, deve ser carregado em menor quantidade. Caso contrário, numa freada do caminhão, por exemplo, a carga pode cair na pista e provocar acidentes envolvendo terceiros.

“A tampa traseira do basculante deve ser alvo de atenção permanente, não pode abrir e deve estar trancada quando o caminhão encosta”, diz ele. Ele chama a atenção para o fato de o enlonamento sobre a caçamba ser obrigatório, principalmente em rodovias, sendo que os caminhões que não o utilizarem estão sujeitos a multas. A cobertura de lona sobre a caçamba protege a carga durante o tráfego.

Sabino concorda e complementa: “Muitas vezes, as pessoas que carregam o material são remuneradas por produção, mal sabem onde o caminhão será descarregado. Se o material grudar no fundo, corre-se o risco de o caminhão tombar no momento do descarregamento, quando o motorista estiver com a caçamba levantada e der o arranque para frente”, explica ele. Por isso, muitas empresas utilizam caçambas antiaderência ou a forram com lona, para evitar acúmulo de material grudado.

DESCARREGAMENTO

Spinassé reforça que o motorista precisa permanecer atento durante a descarga. “Se a caçamba não for esvaziada completamente, o motorista não pode sair com o caminhão. Como é impossível para ele controlar isso, é necessária a presença de um ‘bandeirinha’ para fazer a sinalização”, explica o diretor da Luna. De acordo com ele, a argila gruda com muita facilidade no fundo da caçamba, já areia e pedra dificilmente ficam acumuladas.

Se o material for misto de terra e pedras, a escavadeira deve fazer a separação e primeiro despejar o material fino para forrar a caçamba

Edmilson de Oliveira Sabino, diretor da Capacitar Operadores

O carregamento de matacões também requer cuidado, para que não fiquem enroscados na saída do basculante da caçamba, impedindo o descarregamento de parte do material. “A escavadeira não pode carregar essas pedras grandes, o correto é fazer o desmonte desse material para em seguida carregá-lo”, orienta o diretor da Capacitar Operadores.

DISPOSIÇÃO CORRETA NA CAÇAMBA

Sabino explica que a escavadeira deve descarregar o material na caçamba do caminhão de forma separada e bem planejada, para minimizar a possibilidade de problemas durante o descarregamento. Para isso, o operador da escavadeira e os motoristas dos caminhões precisam conhecer o que carregam e os perigos de uma carga irregular.

“Se o material for misto de terra e pedras, a escavadeira deve fazer a separação e primeiro despejar o material fino para forrar a caçamba. Desse modo, as pedras maiores terão impacto amortecido quando caírem na caçamba e, se estiverem pontiagudas, não vão danificar o fundo”, informa Sabino.

Uma vez forrada, a caçamba deve ser carregada a partir da saída do basculante para frente, de forma que o peso do caminhão permaneça estabilizado e a carga não fique com bolsões de ar. “Se houver vácuos, eles tendem a ser preenchidos na hora do descarregamento e correm o risco de tombar o caminhão, dependendo da inclinação”, finaliza.

Fonte: Portal dos Equipamentos.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

BASE SETEMBRO/2020 - VALORES DE REFERÊNCIA PARA LOCAÇÃO DE EQUIPAMENTOShttps://sindileq.org.br/wp-content/uploads/2020/09/SUGESTAO-DE-PRECOS-BASE-SET2020.pdf