Relatório – O Setor de Serviços em MG – 2017 06

Relatório – O Setor de Serviços em MG – 2017 06

Este estudo traz números atualizados dos serviços no estado de Minas Gerais para 2016, os quais mostram o avanço dessas atividades nos últimos anos na economia mineira e sua contribuição para o país. Com essa publicação, a Federação de Serviços de Minas Gerais e a Confederação Nacional de Serviços buscam ressaltar o papel estratégico e a importância dos serviços para as economias mineira e brasileira.

Os dados de 2007 a 2014 apresentados na publicação são da Pesquisa Anual de Serviços (PAS), realizada pelo IBGE. A PAS contempla o universo das empresas formais que atuam em atividades de serviços não financeiros, as quais são agrupadas em cinco segmentos: serviços prestados às famílias, serviços de informação, serviços prestados às empresas, serviços de transportes e outros serviços.Com base em informações da Pesquisa Mensal de Serviços (PMS), também do IBGE, e de dados do Ministério do Trabalho são feitas estimativas para os anos de 2015 e 2016.

O estudo aponta que, em 2016, cerca de 142 mil empresas do setor atuante no estado faturaram quase R$ 120 bilhões e empregaram 1,2 milhão de trabalhadores. Os números apresentados demonstram um crescimento forte do faturamento e do emprego dos serviços privados não financeiros em Minas Gerais. Além disso, os dados revelam um crescimento expressivo das oportunidades de trabalho e um enorme avanço dos salários em todos os segmentos dos serviços privados não financeiros. As informações reafirmam a importância das empresas mineiras no contexto nacional.

Hélio Magalhães
Presidente da Federação de Serviços de Minas Gerais

CLIQUE AQUI E BAIXE O RELATÓRIO EM PDF

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

BASE SETEMBRO/2020 - VALORES DE REFERÊNCIA PARA LOCAÇÃO DE EQUIPAMENTOShttps://sindileq.org.br/wp-content/uploads/2020/09/SUGESTAO-DE-PRECOS-BASE-SET2020.pdf