Plataformas de trabalho aéreo vão além dos canteiros

Plataformas de trabalho aéreo vão além dos canteiros

As Plataformas de Trabalho Aéreo (PTA) foram fabricadas originalmente para dar mais praticidade e segurança em operações nas alturas. Elas substituem de forma produtiva e mais segura os improvisados andaimes montados em ocasiões onde a mobilidade é restrita, como pinturas, reformas de prédios, igrejas, torres de luz, postes, instalações industriais, entre outras.

Vão além, possibilitam que trabalhadores com suas ferramentas e materiais acessem pontos elevados com rapidez e eficiência. Por essas razões, as especificações variam de acordo com os tipos de operações e necessidades, atuando em serviços mecânicos, elétricos, de utilidade e de pintura, instalações industriais e de manufatura (indústrias siderúrgica, têxtil, alimentícia, automotiva e aeronáutica), refinarias de petróleo, instalações esportivas, parques temáticos, filmagens (estúdio e externas) e armazéns.

Diante de todo o leque de opções, a locação desse equipamento é cada vez mais alta devido às facilidades logísticas e de manutenção. Funcionam a partir de motores elétricos ou diesel e estão disponíveis em versões com tração nas duas rodas ( 4 x 2 ) ou quatro rodas ( 4 x 4 ), e modelos com direção nas duas ou quatro rodas passando até por terrenos irregulares.

PLATAFORMAS DE LANÇA ARTICULADAS

Movidas a diesel ou eletricidade (alturas de 10,40m até 45,72m), são mais robustas, usadas para alcançar locais, obstáculos sobre o piso e outras posições elevadas onde as plataformas de lança telescópica não chegam. A mesa giratória da máquina tem movimento de 359º ou 360° em qualquer direção. A partir da plataforma, mesmo elevada, o operador pode manobrá-la para frente e para trás, ou em qualquer outra direção.

PLATAFORMAS DE LANÇA TELESCÓPICA

Atingem alturas de 12,29m a 41,15m e são especialmente úteis para aplicações que necessitam de grande alcance. Sua estrutura giratória também tem um movimento de 359 ou 360° em qualquer sentido. Apresenta as mesmas condições de movimentação das lanças articuladas.

PLATAFORMAS TIPO TESOURA

É uma classe diferenciada de equipamentos para serem utilizados quando o alcance e a altura não forem prioritários, mas sim o espaço para trabalho e a maior capacidade de elevação de peso. As plataformas tipo tesoura podem ser manobradas de forma semelhante aos modelos de lança, apesar de serem elevadas apenas verticalmente. Estão disponíveis em vários modelos, com motores elétricos ou a diesel e atingem uma altura máxima de 16m. São muito populares nos setores da construção, indústria, manutenção, distribuição e entretenimento. Armazenagem e centros de distribuição são mercados em crescimento, assim como em hotéis e instalações educacionais e de recreação.

PLATAFORMAS INDIVIDUAIS

Compostas de uma plataforma de trabalho fixada a um mastro de alumínio que se estende verticalmente e, por sua vez, é montado numa base de aço. Atingem alturas que variam de 3,58m a 12,3m. As aplicações mais comuns são na manutenção geral de fábricas, centros de distribuição e varejista, teatros, aeroportos, prédios públicos, igrejas, parques temáticos, estúdios de TV / Cinema e telecomunicações.

Fonte: Portal dos Equipamentos.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

BASE SETEMBRO/2020 - VALORES DE REFERÊNCIA PARA LOCAÇÃO DE EQUIPAMENTOShttps://sindileq.org.br/wp-content/uploads/2020/09/SUGESTAO-DE-PRECOS-BASE-SET2020.pdf