Notícias do dia 18/11/2020

Notícias do dia 18/11/2020

Economia deve receber injeção de R$ 110 bilhões até janeiro, estima Sachsida (Money Times)

O secretário de Política Econômica, Adolfo Sachsida, estimou nesta terça-feira que cerca de 110 bilhões de reais devem ser injetados na economia até janeiro por medidas tomadas durante a crise do coronavírus, recursos que irão ajudar na força da retomada. Leia mais clicando aqui.

Se 3º tri confirmar alta de 9%, haverá revisões nas projeções do PIB, diz BC (Fonte: Info Money)

O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, disse nesta terça-feira que, em se confirmando o bom resultado do Produto Interno Bruto (PIB) no terceiro trimestre do ano, deve haver revisões nas projeções deste e do próximo ano. Leia mais clicando aqui.

Campos Neto reforça que há tranquilidade com inflação e minimiza aumento de volatilidade cambial (Fonte: Money Times)

O presidente do Banco CentralRoberto Campos Neto, reafirmou nesta terça-feira que há tranquilidade da autoridade monetária em relação à inflação, ao mesmo tempo em que minimizou o aumento da volatilidade cambial. Leia mais clicando aqui.

Salário mínimo pode chegar a R$ 1.087 em 2021 (Fonte: Contábeis)

A Secretaria de Política Econômica (SPE) do Ministério da Economia informou, nesta terça-feira (17), que elevou de 2,35% para 4,10% a estimativa de inflação de 2020 medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC). Leia mais clicando aqui.

Inflação medida pelo IGP-10 sobe 3,51% em novembro (Fonte: Agência Brasil)

O Índice Geral de Preços-10 (IGP-10), medido pelo Instituto Brasileiro de Economia (Ibre), da Fundação Getulio Vargas (FGV) subiu 3,51% em novembro. No mês anterior, tinha ficado em 3,2%. No ano, o indicador acumula alta de 21,76% e de 23,82% em 12 meses. No mesmo mês do ano passado, o IGP-10 registrou alta de 0,19% e acumulava elevação de 3,33% em 12 meses. A taxa acumulada nos 12 meses pelo IGP-10 foi a maior desde julho de 2003, quando o índice subiu 26,36%. Leia mais clicando aqui.

CBIC prevê para janeiro estabilidade no preço do material de construção (Fonte: Cbic)

A estabilidade dos preços dos materiais de construção, especialmente dos vergalhões e do PVC, que vêm sofrendo elevações com a retomada das atividades no setor, deverá ocorrer a partir de dezembro e janeiro, previu nesta terça-feira (17) o presidente da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), José Carlos Martins. A estimativa foi feita ao participar online do 2º Congresso do Mercado Imobiliário, realizado pelo Sindicato da Indústria da Construção Civil no Estado de Minas Gerais (Sinduscon-MG). Leia mais clicando aqui.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

BASE SETEMBRO/2020 - VALORES DE REFERÊNCIA PARA LOCAÇÃO DE EQUIPAMENTOShttps://sindileq.org.br/wp-content/uploads/2020/09/SUGESTAO-DE-PRECOS-BASE-SET2020.pdf