Notícias do dia 11/12/2020

Notícias do dia 11/12/2020

Cartórios já podem autenticar documentos por meio digital (Fonte: Contábeis)

Os cartórios brasileiros já podem autenticar documentos por meio eletrônico. O novo serviço possibilita a certificação de cópias de forma on-line. A novidade vem para complementar a digitalização de outros serviços que já estavam sendo prestados na plataforma de atos notoriais eletrônicos, chamada e-Notoriado. Entre eles, assinaturas digitais de escrituras, procurações por videoconferência, atas notariais e testamentos, bem como separações e divórcios extrajudiciais. Leia mais clicando aqui.

Três blocos disputarão a presidência da Câmara. Veja os candidatos (Fonte: R7)

As intensas conversas em Brasília no início da semana terminaram na noite de quarta-feira (9) com um cenário mais definido para a disputa da presidência da Câmara. O deputado Arthur Lira (PP-AL), apoiado pelo Planalto, lançou oficialmente a candidatura. O atual vice-presidente da Câmara, deputado Marcos Pereira (Republicanos-SP) deixou o bloco independente, liderado pelo atual presidente Rodrigo Maia (DEM-RJ) e será candidato também independente, mas como terceira via. Já o bloco de Maia ficou delimitado em seis partidos e deve anunciar o nome do candidato até o final da semana.  Leia mais clicando aqui.

Com inflação em alta, salário mínimo pode ir a R$ 1.093 em 2021, diz Dieese (Fonte: CNN Brasil)

O valor do salário mínimo para 2021 ainda não está definido, mas uma coisa já se sabe: ele deverá ser bem diferente das projeções iniciais feitas pelo governo.  Isto acontece porque o salário base do país deve, pelo menos, ser corrigido pela inflação do ano, e ela mudou completamente desde o início da pandemia para cá. Leia mais clicando aqui.

IGP-M desacelera alta a 1,28% na 1ª prévia de dezembro, diz FGV (Fonte: Money Times)

A queda nos preços de algumas commodities ajudou o Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M) a desacelerar a alta a 1,28% na primeira prévia de dezembro, de 2,67% no mesmo período do mês anterior, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta quarta-feira. Leia mais clicando aqui.

PIB da construção deve subir 3,8% em 2021 (Fonte: Grandes Construções)

De acordo com a Sondagem da Construção da FGV/Ibre, todos os indicadores da média do índice de atividades mostram a retomada da construção, mas ainda irão apresentar variação negativa no ano. Leia mais clicando aqui.

Indústria de materiais de construção mantém boas expectativas (Fonte: Grandes Construções)

A Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (Abramat) divulgou na semana passada a nova edição do Termômetro da Indústria de Materiais de Construção. Leia mais clicando aqui.

Construção civil gera emprego durante a pandemia (Fonte: Grandes Construções)

Um dos poucos setores que não precisou fechar as portas durante a quarentena, a construção civil contribuiu para a criação de empregos e se tornou um termômetro da economia nacional. Leia mais clicando aqui.

Atividade industrial cresce em outubro (Fonte: Grandes Construções)

A atividade industrial cresceu em outubro, mas em ritmo menor que em setembro. As horas trabalhadas aumentaram 1,7% e o faturamento teve alta de 2,2% frente a setembro, após ajuste sazonal. Leia mais clicando aqui.

Selic deve subir até 5% ao longo de 2021 mas por “bons motivos”, diz Bicalho (Fonte: Info Money)

Aurélio Bicalho, economista-chefe da Vinland Capital, enxerga a Selic subindo no 1º semestre de 2021, fechando o ano que vem perto de 5% e chegando em até 6% ao longo de 2022. Mas engana-se quem pensa que ele está na ala dos “pessimistas” do mercado: para ele, a Selic sobe sim, mas por “bons motivos”. Leia mais clicando aqui.

Copom mantém taxa Selic em 2% ao ano pela terceira vez consecutiva (Fonte: Jornal DCI)

Em última reunião do ano realizada ontem (09) pelo Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central, se decidiu por unanimidade manter a taxa Selic em 2% ao ano. Trata-se da terceira vez consecutiva que a taxa é mantida nesse patamar, está assim desde agosto. Nota-se ainda que é a menor taxa da série histórica. Leia mais clicando aqui.

Os preços vão se comportar em 2021? Veja o que os sinais do BC e da economia dizem sobre a inflação (Fonte: Info Money)

Nesta quarta-feira (9), o Banco Central decidiu manter a taxa Selic em 2%. Essa foi a terceira manutenção da taxa básica de juros após nove cortes seguidos. Mesmo assim, o BC destacou mais uma vez a preocupação com o aumento generalizado de preços. Em comunicado, a autoridade monetária disse esperar que a inflação ainda se mantenha pressionada em dezembro. Leia mais clicando aqui.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TABELA DE VALORES DE REFERÊNCIA DE LOCAÇÃO COM CORREÇÕES PONTUAIShttps://sindileq.org.br/wp-content/uploads/2020/12/SUGESTAO-DE-PRECOS-BASE-DEZ2020.pdf