Indústria de material de construção faturou 14% comparado a 2015

O faturamento deflacionado da indústria de material de construção acumula queda de 14,3% no primeiro semestre ante igual período de 2015, segundo a Associação Brasileira da Indústria de Material de Construção (Abramat).
“O mercado continua fraco em junho, embora com alguma desaceleração na queda apresentada em maio. É esperada uma melhora a partir de julho, mais por conta de haver uma base de comparação muito baixa, que foi o segundo semestre de 2015”, destacou a Abramat em nota à imprensa.
Na avaliação da entidade, uma desaceleração da inflação e a estabilidade no nível de emprego no País podem levar a uma melhora nas vendas desses materiais no varejo, principalmente no segmento de acabamentos, nos próximos meses. As perspectivas para a construção civil, entretanto, continuam negativas, com a atividade ainda em baixa prejudicando diretamente a demanda por materiais de base.
O levantamento da Abramat mostrou que os empregos no setor continuaram em queda no fechamento do semestre, com retração de 9,7% no nível de empregados em junho contra igual mês de 2015. Na comparação com maio, o recuo foi menos intenso, com nível de empregados 0,4% menor.

Fonte: Portal dos Equipamentos.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

BASE SETEMBRO/2020 - VALORES DE REFERÊNCIA PARA LOCAÇÃO DE EQUIPAMENTOShttps://sindileq.org.br/wp-content/uploads/2020/09/SUGESTAO-DE-PRECOS-BASE-SET2020.pdf