Caçambas resistentes garantem produtividade

Caçambas resistentes garantem produtividade

Está provado: caçambas resistentes garantem produtividade e reduzem riscos operacionais em canteiro. Além de mais reforçadas para receber material de alto teor abrasivo, possuem recursos para evitar perdas e agregar segurança aos caminhões durante as operações de descarregamento.

A maioria dos tombamentos de caminhões ocorre nas operações de descarregamento, quando a caçamba está levantada e parte do material em escoamento fica preso em sua parte frontal, no alto. Se estiver sendo descarregado um minério argiloso, pode ter aproximadamente 20% de material grudado que não desliza da caçamba. Essa camada de argila acaba se tornando um peso morto após o descarregamento e, quando o caminhão sair com a caçamba erguida é comum o desequilíbrio que causa tantos acidentes.

Para evitar tais transtornos, algumas soluções tem se mostrado eficientes como os sistemas antiaderentes, pois além de minimizarem riscos de tombamento, reduzem volume de carga morta transportada.

A Rossetti, uma das principais fabricantes de caçambas para caminhões rodoviários, desenvolveu a caçamba com articulação extra-larga e tampa de corrente standard no modelo meia-cana. O item opcional conta com uma tampa hidráulica que abre completamente e deixa livre o escoamento de material.

Outro item para limpar o resto de material que fica grudado no fundo da caçamba é o canhão de ar, acionado automaticamente quando a caçamba atinge a inclinação de até 55º. A Randon, em parceria com a Wabco Freios – Brasil, fornece o Trailer Eletronic Brake System – Roll Stability Support (TEBS RSS), sistema de segurança anti-tombamento voltado para as composições veiculares tipo bitrem. Essa tecnologia permite aplicação inclusive em equipamentos que não possuem ABS ou controle de estabilidade no cavalo mecânico.

O sistema é composto por uma unidade eletrônica, cabos de alimentação e diagnóstico, rodas dentadas e sensores. O dispositivo controla, através de um software, toda a parametrização e análise de falhas.

RESISTÊNCIA DE ESCAVAÇÃO

É importante observar se a caçamba – componente principal das escavadeiras e carregadeiras – recebe os devidos cuidados para manutenção da sua vida útil. A fabricante japonesa Komatsu ressalta que é imprescindível a checagem visual diária da caçamba por parte do operador ou mecânico antes de iniciar os trabalhos. A Komatsu que também é proprietária da Hensley, sediada em Dallas (EUA), uma das principais fabricantes mundiais de caçambas e ferramentas de penetração de solo, faz várias recomendações.

As ferramentas de penetração de solo, ou dentes, precisam ser trocados quando apresentarem desgaste acentuado ou quando sinalizarem ineficiência na penetração. A falta de troca no momento certo sobrecarrega de tensões não apenas a caçamba, mas principalmente a lança e os braços, reduzindo consideravelmente a durabilidade do equipamento.

Os cortadores laterais ou protetores das bordas também devem ser inspecionados e substituídos em casos de desgaste acentuado. Quando a caçamba estiver instalada com as chapas de proteção entre dentes é essencial a inspeção e troca em caso de desgaste, para garantir a proteção da borda. As chapas de desgastes devem ser trocadas sempre que necessário. Isso é muito importante para evitar que sejam submetidas a operações onde não foram projetadas.

UNHAS E DENTES PERFEITOS

A escolha correta das ferramentas de penetração de solo (FPS) considera o tipo de máquina onde serão usadas e o material trabalhado, fatores que influenciam positivamente no desempenho obtido. Esta seleção resulta em ganhos relacionados à economia de combustível, ciclos de trabalho mais rápidos, preservação de máquina – principalmente do sistema hidráulico – e menores custos de manutenção.

De acordo com a Ecoplan, as características como abrasividade do material, dureza e grau de impacto no solo, bem como o tamanho, fluidez, escoamento e peso específico do material devem ser consideradas. Há de se levar em conta a penetração e desagregação, principalmente nos trabalhos com rocha e minerais.

A elevação da temperatura provocada pelo atrito, o alto e repetitivo impacto a que são submetidas, aliados à abrasividade dos materiais estão entre os principais agentes responsáveis pelo desgaste das FPS. Na hora de definir a ferramenta adequada em relação ao equipamento e ao terreno, é preciso considerar as opções específicas para escavadeiras e carregadeiras, tais como pontas reforçadas para abrasão ou para penetração.

Fonte: Portal dos Equipamentos.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

BASE SETEMBRO/2020 - VALORES DE REFERÊNCIA PARA LOCAÇÃO DE EQUIPAMENTOShttps://sindileq.org.br/wp-content/uploads/2020/09/SUGESTAO-DE-PRECOS-BASE-SET2020.pdf