8 DICAS DE COMO ARMAZENAR ARGAMASSA COLANTE INDUSTRIALIZADA PARA REVESTIMENTO

8 DICAS DE COMO ARMAZENAR ARGAMASSA COLANTE INDUSTRIALIZADA PARA REVESTIMENTO

Se você já mexeu um pouco com obra, percebeu que a quantidade de argamassa perdida e desperdiçada é bastante relevante. Se o responsável técnico não ficar em cima, muitos sacos são jogados fora sem uso ou por engano ou porque estragaram. Com isso o custo da obra dispara silenciosamente e ninguém sabe explicar o motivo.

Pensando nisso, reunimos 8 dicas importantíssimas no armazenamento de argamassa colante para assentar peças cerâmica. Acredite, eles fazem a diferença ao longo da obra e precisam se tornar um hábito no canteiro! Segue aqui então:

  • #1) Manter o material na embalagem original e fechada – isso ajuda a evitar o endurecimento precoce do material.
  • #2) Guardar em local protegido da ação de água e da umidade, se possível com acesso controlado como o almoxarifado do canteiro, que além de dificultar furtos, é um local seco e fechado.
  • #3) Colocar as pilhas de sacos sobre estrados de madeira (pontaletes e tábuas ou chapas de compensado) – isso ajuda a evitar o contato direto com o chão e com possível umidade.
  • #4) As pilhas não devem ter contato com as paredes do depósito – mais uma vez aqui a preocupação é com a umidade.
  • #5) Sempre separar por tipo de material – confusões são muito comuns porque os nomes são parecidos (AC-I, AC-II, AC-III,…).
  • #6) Empilhar no máximo 15 sacos (aproximadamente 1,5m de altura), respeitando a resistência da estrutura onde estão apoiados (cuidado com lajes recém concretadas).
  • #7) Garantir que os sacos mais velhos sejam utilizados antes dos sacos recém entregues, além de sempre verificar que nunca seja ultrapassada a data de validade indicada na embalagem do produto. Isso ajuda muito no desperdício e descarte de argamassas impróprias para o uso.
  • #8) Se sua obra for no litoral, é muito bom prever uma proteção extra contra umidade, pode-se cobrir a pilha com uma lona plástica (não precisa vedar completamente), para garantir a durabilidade do material.

Fonte: engenheironocanteiro

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

BASE SETEMBRO/2020 - VALORES DE REFERÊNCIA PARA LOCAÇÃO DE EQUIPAMENTOShttps://sindileq.org.br/wp-content/uploads/2020/09/SUGESTAO-DE-PRECOS-BASE-SET2020.pdf