5 medidas para preservar o caixa e os funcionários da sua empresa em tempos de COVID-19

5 medidas para preservar o caixa e os funcionários da sua empresa em tempos de COVID-19

É fundamental voltar sua atenção para o caixa  da empresa neste momento de instabilidade. A gestão do fluxo de caixa em tempos de COVID-19 é importante porque dá ao negócio tempo para tomar decisões, sem o peso dos prazos nos ombros.

Veja algumas dicas práticas para preservar o caixa da empresas e funcionários:

Defesa do fluxo de caixa

Antecipe o problema. Uma análise prévia do saldo diário com projeção futura ajuda a contornar os problemas com maior facilidade. Facilite as vendas à vista por meio de descontos e antecipe os recebíveis. Busque receber qualquer dívida que você possa converter em fluxo de caixa. Desenvolva ações imediatas e a longo prazo e avalie as oportunidades negativas e positivas.

Prioridades Imediatas

Priorizar o seu cliente. O fundamental é manter um relacionamento de confiança e preço justo de acordo com o praticado no mercado. Economizar é a palavra de ordem, segure o dinheiro que entrar. Poucos negócios não estão sendo atingidos pela crise, mas a maioria terá algumas dificuldades. Além disso, mantenha uma plataforma de gerenciamento dos projetos em andamento. Construa e execute um plano de comunicação e engajamento com seu cliente. Lembre-se que manter um cliente é mais fácil que adquirir outro.

Estabilize as operações para o “novo normal”

Realize uma avaliação periódica de cenários externos e internos, considerando receita, custos, caixa e operações. Prepare operações críticas: fornecimento, transporte, mão de obra, etc. Crie um plano de contingência para operações secundárias. Foque mais no objetivo do que nas metas que você definiu, mas que talvez já não fazem mais sentido neste momento.

Redução urgente de Custos

Corte gastos de qualquer serviço que não tenha margem muito lucrativa. Se preciso, negocie com fornecedores, em casos de preços abusivos. Olhe para sua cadeia de valor e identifique o que é essencial para a operação não pararem, os demais gastos, corte imediatamente. Melhore o posicionamento de custo no médio e longo prazo.

Não fique só na defensiva

Prepare-se para recuperação. O fluxo de caixa permite enxergar o futuro do negócio, mostrando por meio de um gráfico ou planilha os recursos financeiros e isso permite a projeção para 15 ou 30 dias à frente, o que possibilita a tomada de decisões para cobrir saldos negativos identificados no futuro.

Avalie investimentos em marketing e alavanque as tendências econômicas. Planeje-se para uma mudança significativa no comportamento dos seus clientes. Busque formas de engajar a base de clientes ativos para mantê-los vivos, pois quando a demanda aumentar, elas voltarão a comprar de você ou do seu concorrente que criou laços de relacionamento durante a crise.

Continue caminhando, mas tenha em mente que você não caminha sozinho. Conte com o Sindileq-MG bem ao seu lado.

1 Comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

BASE SETEMBRO/2020 - VALORES DE REFERÊNCIA PARA LOCAÇÃO DE EQUIPAMENTOShttps://sindileq.org.br/wp-content/uploads/2020/09/SUGESTAO-DE-PRECOS-BASE-SET2020.pdf