Institucional

História da Instituição

Algumas empresas, em meados dos anos 70, começaram a atuar no mercado da construção civil alugando equipamentos, máquinas e ferramentas para pequenas empreiteiras que tinham pouco capital ou para clientes cujo ritmo de trabalho era descontínuo.

Com a implementação do plano cruzado aconteceram, simultaneamente, grandes empreendimentos no setor da construção, ocasionando, muitas vezes, a falta de máquinas para se comprar no mercado.

Sem alternativas, a melhor opção era mesmo alugar e isto incrementou o segmento da locação. As empreiteiras perceberam que, num país de instabilidade econômica e crises constantes, é menos arriscado alugar do que investir na aquisição de máquinas e equipamentos cuja utilização está sujeita à imprevisibilidade de investimentos no setor da construção. Além disso há uma permanentemente atualização tecnológica das máquinas, ferramentas e equipamentos que não é acompanhada pelos usuários quando estes são os proprietários dos equipamentos.

Com a solidificação e expansão deste mercado as empresas locadoras uniram-se e criaram, em 1993, a ALEC – MG (Associação dos Locadores de Equipamentos à Construção Civil), englobando empresas que alugavam diversos tipos de equipamentos como Máquinas Leves; Ferramentas Elétricas; Andaimes; Elevadores de Obras; Escoramentos e Fôrmas; Máquinas a Ar Comprimido; Gruas; Retroescavadeiras e Caçambas, possibilitando a este segmento assumir um perfil mais organizado e profissional.

O crescimento da ALEC – MG culminou, em 1998, com o surgimento do Sindicato das Empresas Locadoras de Equipamentos, Máquinas e Ferramentas de Minas Gerais – SINDILEQ – MG. Posteriormente, em 2008, foram incluídos os serviços afins na constituição e finalidades do estatuto. A partir de então a entidade passou a se chamar Sindicato das Empresas Locadoras de Equipamentos, Máquinas, Ferramentas e Serviços Afins do Estado de Minas Gerais – SINDILEQ – MG, cuja existência se justifica pela busca de um maior fortalecimento da classe e pelo trabalho constante na procura por soluções para os problemas inerentes à atividade.

Benefícios da Locação:

– O capital da empresa fica disponível para investir em sua atividade principal;
– O valor do aluguel é despesa da empresa e a favorece quando do cálculo do imposto de renda;
– Despesas de controle de patrimônio, armazenagem e manutenção de frota própria são eliminadas;
– Não há paralisação da obra, pois a substituição do equipamento com defeito é imediata;
– Possibilita-se, sempre, a utilização de equipamentos modernos e de alta produtividade;
– Paga-se somente pelo período de utilização;
– Evita-se a improvisação porque todos os tipos de máquinas, equipamentos e ferramentas estão à disposição do cliente;
– Como as locadoras são empresas especializadas, o cliente dispõe de constante consultoria sobre o tema, sem custo adicional.